BRAVECTO FATOS VERDADEROS
           
Bravecto é um tratamento controverso usado contra pulgas e carraças, para cães e gatos e que contém um insecticida chamado “Fluralaner”
“O que você deverá saber, mas que o fabricante não diz…”
 
 

 

Bravecto é um tratamento controverso usado contra pulgas e carraças, para cães e gatos e que contém um insecticida chamado “Fluralaner”

No Grupo do Facebook, muitas são as histórias pessoais e dramáticas contadas pelos donos de cães a quem foi administrado Bravecto, e que ficaram gravemente doentes ou morreram…. MSD/MERK, o fabricante do produto, afirma que os “meios de comunicação social” prestam informações “enganosas” e “imprecisas”, aos donos dos animais sobre o Bravecto.

Esta página fala-vos do outro lado da história ….

 

Por favor assine a petição Bravecto internacional endereçada ao parlamento europeu na parte inferior desta página

 

 
Facto Verdadeiro 1 – Efeitos adversos reportados oficialmente
O número de efeitos secundários (reações adversas) comunicadas às autoridades internacionais, é um dos mais altos de todos os tratamentos para pulgas e carraças. Estes são os números mais recentes da Agência Europeia de Medicamentos (EMA):

* Informação da EMA  de 08-2018 :
- Reações adversas após a administração de Bravecto: 8692
- Mortes ocorridas após a administração de Bravecto: 2056
  (Apenas cerca de 1% de todos os efeitos colaterais são relatados)

* Novas contraindicações mencionadas no folheto do produto:
O fabricante do Bravecto (MSD/MERCK) deverá incluir no folheto uma nova contraindicação: “CONVULÇÕES”

 
Facto Verdadeiro 2 – Apenas 1% das reações adversas, foi reportado
O número de proprietários que reportaram os efeitos adversos observados nos seus animais é muito baixo. Foram reportados apenas 1% de todos os efeitos adversos nos cães. No caso dos medicamentos para humanos, são reportados cerca de 10% de todos os efeitos secundários. Poucos são também os veterinários que reportam à EMA estas ocorrências e os proprietários muitas vezes não são capazes de reconhecer os efeitos secundários resultantes da administração de determinado produto ou medicamento. Assim é provável que o número real de efeitos adversos seja bastante mais elevado.
 
Facto Verdadeiro 3 – No folheto informativo do produto “muitos dos sintomas não estão mencionados”
A. Na informação existente sobre o Bravecto (comprimido), apenas os seguintes efeitos colaterais estão indicados: “Reações Adversas (frequência e gravidade): As reações adversas comummente observadas em ensaios clínicos (1,6% dos cães tratados) foram efeitos gastrointestinais ligeiros e transitórios tais como diarreia, vômitos, inapetência e hipersialia” (fim de citação).
Proprietários de cães relatam muito mais outros efeitos colaterais

Tratamento de cachorros jovens
B. As regras para o tratamento dos cachorros são muito diferentes de país para país. Na informação europeia sobre o uso nos cachorros está referido o seguinte: “Na ausência de dados disponíveis, o medicamento veterinário não deve ser administrado a cachorros com idade inferior a 8 semanas de idade ou com peso inferior a 2 Kg” (fim de citação).
Noutros folhetos, como na América, está referido algo muito diferente: “Precauções: Bravecto não demonstrou a sua eficácia durante 12 semanas em cachorros com menos de seis meses de idade” (tradução)
Porquê na Europa os cachorros de 8 semanas podem ser sujeitos a este insecticida tóxico (Fluralaner), enquanto que na América aconselha-se apenas depois de 6 meses de idade?

 
Facto Verdadeiro 4 – Muito outros efeitos secundários?
Os donos dos cães tem reportado muitos outros efeitos secundários graves depois da administração do Bravecto e informaram os Grupos internacionais de Facebook e/ou as autoridades internacionais:

1. Sede excessiva 2. Desidratação 3. Náuseas 4. Ofegante 5. Pele de cor rosada 6. Patas muito quentes 7. Respiração difícil e rápida 8. Arritmia cardíaca 9. Mudanças de comportamento (medo e agressividade 10. Número baixo de glóbulos vermelho (anemia) 11. Número elevado de glóbulos 12. Valores elevados do fígado 13. Valores elevados do rim 14. Perda de peso 15. Vómitos com sangue 16. Diarreia sangrenta 17. Hemorragia intestinal 18. Dor abdominal 19. Aumento do ritmo Cardíaco 20. Perda de Consciência 21. Rápida debilidade 22. Inflamação do estômago 23. Pancreatite (inflamação do pâncreas) 24. Inflamação da vesícula biliar 25. Febre alta 26. Inflamação da pele 27. Queda de pêlo 28. Insuficiência hepática 29. Falência hepática 30. Insuficiência renal 31. Falência renal 32. Fraqueza muscular 33. Tremores 34. Convulsões/epilepsia 35. Perda de visão 36. Cegueira 37. Paragem cardíaca 38. Morte súbita

 
Facto Verdadeiro 5 – Falta de informação
Muitos veterinários não incluem o folheto do produto, quando se compra Bravecto. Logo não se tem conhecimento das informações importantes sobre o insecticida que existe no produto. Inclusivamente, muitos veterinários não informam os donos sobre os riscos e efeitos adversos.
Na informação do produto pode-se lêr: “Precauções especiais a adotar pela pessoa que administra o medicamento aos animais Manter o medicamento veterinário na embalagem original até à sua utilização, de modo a impedir que as crianças tenham um acesso direto ao medicamento veterinário. Não comer, beber ou fumar durante o manuseamento do medicamento veterinário. Após a administração do medicamento veterinário, lavar imediatamente e cuidadosamente as mãos com água e sabão.” '(fim de citação)
 
Facto Verdadeiro 6 – Muito tóxico para organismos aquáticos
Na “Ficha de Dados de Segurança” a MSD Animal Health refere: “Risk Phrases: R50 Very toxic to aquatic organisms”'(fim de citação)
http://www.bravecto.com.au/attachments/bravecto_msds.pdf 
 
Facto Verdadeiro 7 – Risco de doenças transmitidas por parasitas
No informação sobre o produto lê-se: “Os parasitas necessitam iniciar a alimentação no hospedeiro para ficarem expostos ao Fluralaner; como tal o risco de transmissão de doenças transmitidas por parasitas não pode ser excluído” (fim de citação)
Muito estranho …. Não é este o objetivo do produto, a exclusão de doenças causadas por carraças?
 
Facto Verdadeiro 8 – Bravecto e convulsões/epilepsia
No site da MSD/MERCK está publicado a seguinte observação sobre Bravecto: “Utilizar com precaução em cães com antecedentes de convulsões. Foram reportadas convulsões em animais que tomaram Fluralaner, incluindo cães sem antecedentes de convulsões” (tradução)
No entanto não se inclui “convulsões” e “epilepsia” no folheto do Bravecto. Porque não?
 
Facto Verdadeiro 9A – “Fluralaner” usado como pesticida na avicultura
Apesar do elevado número de efeitos secundários já reportados relativamente à substância “Fluralaner”, a Agência Europeia para o Medicamento (EMA) autorizou em 2017 a colocação no mercado do produto “Exzolt”, cuja substância activa é o Fluralaner, e que é usado para combater os piolhos das aves, sendo administrado na água.
Muito questionável esta decisão dada a reputação do Fluralaner.

 

 
 
Facto Verdadeiro 9B – O fabricante MSD/MERCK continua sistematicamente a negar os efeitos secundários do produto
Qrispy, um cachorro de 11 semanas de idade, tomou Bravecto. Em 15 horas adoeceu gravemente e quase morreu. Um de muitos exemplos já conhecidos. São muitos os cães que adoecem após a ingestão do Bravecto e em todo o mundo, os canais de notícias de televisão dedicaram atenção ao produto que se encontra à venda e que é tão controverso, principalmente pelo número elevado de efeitos secundários.
Infelizmente muitos são os veterinários que não associam a doença do animal à ingestão do Bravecto, o que não deixa de ser estranho porque simultaneamente não encontrarem nenhuma explicação para a situação de doença em que o animal se encontra ou até o motivo da sua morte. O fabricante MSD/MERCK também continua a recusar qualquer relação com o Bravecto. Mas esta atitude não surpreende …
No entanto, são cada vez mais os veterinários que se apercebem de que algo errado se passa, quando os cães e gatos começam a manifestar efeitos colaterais graves, ou até mesmo morrendo, após a administração de Bravecto. Perante esta constatação, estes veterinários decidem então parar de vender este produto tão controverso.
 
Facto Verdadeiro 9C – Dr. Judy Morgan - BRAVECTO-PLUS
Isto é absolutamente incrível e uma vez mais a MSD Animal Health (Intervet) quer introduzir no mercado um novo produto (pipeta / spot-on para gatos). Para além do tóxico "Fluralaner" (contra carraças e pulgas), foi acrescentado uma outra toxina chamada "moxidectina" (contra todos os tipos de vermes). Como se não bastasse os animais adoecerem e morrerem após a administração do Bravecto! O nome deste novo produto é: "BRAVECTO PLUS". O mais surpreendente ainda é que a Agência Europeia do Medicamento(EMA) pretende autorizar o lançamento deste produto no mercado europeu! O que raio pensam eles!

 

 
Facto Verdadeiro 10 – Remédio natural contra pulgas e carraças, para cães e gatos
Como se refere, o acido láurico (presente no óleo de coco) é um forte repelente fazendo com que os cães e gatos não sejam infestados por pulgas e carraças. Esta é uma grande vantagem comparando com produtos químicos à base de “venenos” e em geral contém toxicas neurotóxicas (que entre outras coisas, aumentam o risco de convulsões epilécticas).

 

 

 
 
Facto Verdadeiro 11 – Uma petição anti Bravecto foi entregue ao Ministro Holandês
 
Facto Verdadeiro 12 - RADAR Broadcast
Bravecto Tick and Flea treatment (English subtitles)
 
 
 

 

 

 

     
 

privacy  |  disclaimer  |  © www.bravectotruefacts.com   |   webdesign: Br@m